O Troco

CAP. 55

 

Nilo,  na outra sala, sem a armadura de Aquario, ficou espantado, pois  não sabia como a vestimenta dourada saíra de seu corpo e sumíra derrepente.

A armadura de ouro de aquário surgiu com todo o seu esplendor em cima de Klowis. O líder estendeu a mão para ele e clamou pelo seu poder; a armadura respondeu à voz dele e o vestiu.

Deimos se perguntou como isso havia acontecido. Klowis explicou que ele era o antigo dono do poder de Aquario; e a armadura sentiu necessidade de me proteger. O deus não se importou tanto e como sempre partiu matando pra cima do dourado. Os olhos do cavaleiro tornaram-se brancos como a neve, um reboliço misto de cosmo e neve se formou em sua mão. Ele mirou a esfera gélida na direção de Deimos e exclamou-Cumpra-se a tua vontade, Diamond Dust!-estilhaços de gelo correram na direção de Deimos congelando-o. O deus cai no chão e pergunta como ele conseguiu tanta força. Klowis responde que a armadura é quem lhe dá poderes infinitos. O divino ri e diz que tudo estará acabado em instantes. Deimos em pleno vôo se multiplicou em infinitas cópias; todas elas se voltaram para o lider do Graad Azul numa velocidade incrível. Somente uma ficou parada, e essa cópia falou em alto e bom som – Sinta o terror cavaleiro de Athena, Deimos Hekatombe! – Klowis tentou fugir, mas não conseguiu; cada soco que ele levava, Klowis sentia a cópia de Deimos adentra seu corpo e percorrer seus sistemas, destruindo-os por dentro. Klowis estava cento de que morreria ali mesmo. Ele cai.

Deimos chuta seu abdomen e o corpo mole do antigo cavaleiro de ouro de Aquario choca-se contra uma coluna do salão. Deimos gaba-se da vitória certa. O deus novamente se aproxima do guerreiro afirmando que desta vez ele não resistira – Deimos Hekatombe – O cosmo de Klowis se eleva e as cópias feitas pelo deus desaparecem como se fossem cristais minusculos de gelo que dançavam no ar. O dourado levanta e seu cosmo se torna denso e pesado. Ele junta suas mãos como num martelo, as levanta unidas e todo seu cosmo acumula-se em suas mãos formando uma bola brilhante de neve e gelo. Klowis olha atentamente para seu oponente e diz sabiamente – Conceda-me mais uma vez do seu rico poder, Aurora Thunder Attack! – raios maciços de cosmo, gelo e neve disparam no ar na velocidade da luz e acertam o inimigo sem pensar dua svezes se ele era o alvo certo ou não. Deimos dispara salão adentro pelo poder do ataque de Klowis. O deus desaba no chão pela primeira vez.. seu sangue divino escorre pelo canto de sua cabeça e parte de sua armadura é despedaçada pelo impacto sofrido.

O deus do terror se levanta furioso e pronto pra acabar com a raça do santo de Athena.

Klowis agradece a armadura e a Athena pelo milagre adiquirido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s