Mudança de planos

CAP. 21

O soldado sai da região das doze casas e procura por Castor de Triangulo (que estava na casa de Gêmeos não pode vir) e Helena de Taça (que se encontrava ao oeste do santuario). No caminho Pallas de Andrômeda o para e pergunta o que está havendo; ele responde que houve um ataque num vilarejo próximo e está procurando por dois cavaleiros de prata sugeridos por Pollux de Gêmeos. Pallas diz que vai ao encontro deste ataque, pois fica na região em que ela foi destinada a proteger. O soldado tenta discutir, mas Andrômeda diz que está tudo bem, ela pode dar conta.

No caminho a Amazona encontra Alpha e Pyro; os dois se juntam a guerreira e vão para a verificação do lugar.

Chegando lá, o pequeno vilarejo estava todo destruído, parecia que os atacantes não estavam mais lá. A corrente de Pallas ficou agitada “Temporal Chain!” exclamou a guerreira; a corrente deu voltas, mas conseguiu cercar os dois inimigos presentes. Graea de Griphoner e Moogle de Dagger. “Parabéns. Para uma cavaleira de bronze, você é muito boa…” disse a montaria. Alpha usou seu ataque Pegasus Ryu Sei-Ken em ambos, mas foi falho… Os dois já haviam saído da posse da corrente de Pallas. Graea Aparece atrás dos cavaleiros de bronze e diz que aquilo era só uma ilusão, ele voa e Moogle avança para cima dos bronzeados. “Iron Defense” diz a amazona, suas correntes saem da terra e se enrolam formando um escudo maciço de aço e suspenso; ele sumiu e apareceu nas costas dos cavaleiros. Pyro de Fornalha virou-se por um instante, mas já era tarde “Cosmo Crush”, o cavaleiro de fogo sentiu sua vida se desprender se si e caiu tonto no chão. “Circular Defense” disse Pallas quando viu um de seus companheiros no chão.

Era hora deles bolarem um plano. “Vocês não podem ficar ai pra sempre…” disse Moogle aos cavaleiros.

Após alguns minutos os bronzeados decidiram que Pegasus e Fornalha iriam batalhar contra Dagger e a amazona de Andrômeda contra Griphoner.

 

 

 

Anúncios